Dez Maneiras de Amar a Nós Mesmos

  1. Disciplinar os próprios impulsos;
  2. Trabalhar, cada dia, fazendo o melhor que pudermos;
  3. Atender aos bons conselhos que traçamos aos outros;
  4. Aceitar sem revolta a crítica e a reprovação;
  5. Esquecer as falhas alheias sem desculpar as nossas;
  6. Evitar as conversações inúteis;
  7. Receber o sofrimento (processo de nossa educação);
  8. Calar diante da ofensa, retribuindo o mal com o bem;
  9. Ajudar a todos, sem exigir gratidão;
  10. Repetir as nove anteriores, quantas vezes forem necessárias, persevernado no aperfeiçoamento de nós mesmos sem desanimar e colocando-nos a serviço do divino mestre, Jesus, hoje e sempre.

André Luiz.

Comentários