Amigos do Blog

terça-feira, julho 28, 2015

Amor de Poetisa



Quero namorar uma poetisa
Que conheça a alma humana
Que tenha a rima precisa
Que no amar seja soberana

Não precisa ser uma Florbela
Uma Cecília, Clarice ou Raquel
Basta me acompanhar feito donzela
Numa eterna lua de mel

Poetisa é mulher de conteúdo
Que teus silêncios é capaz de ouvir
Que com palavras de deixa desnudo
Que até com os olhos vai te possuir

Se te apaixonares por uma poetisa
Agarre-a, não a solte jamais
Ela tem a doçura que eterniza
O ardor de moça que pede mais

Se amas uma poetisa
Considera-te homem de sorte
Ela tem a boca que hipnotiza
E o amor que suplanta a morte

Porque amor de poetisa
É exagerado, deveras criativo
Te liberta como uma suave brisa
Te deixa feliz por se sentir cativo..


Raimundo Salgado Freire Júnior



quinta-feira, julho 23, 2015

O Tempo Parou Naquele Abraço



Por um átimo, o tempo parou naquele abraço
E como presa que não quer sair do laço
Me entreguei aquele momento inesquecível
Encontro de almas, uma alegria indescritível

Uma sublime sensação de paz e carinho
De proteção que só se encontra no ninho
Foi como ver estrelas em pleno dia
Instante iluminado, verdadeira epifania

Do meu abraço aflorou um sentimento
Que escondo no peito em aprisionamento
Até quando inutilmente resistirei a teu sorriso?
Se ele contém exatamente o que eu preciso.

Agradeço a você por aquele segundo infinito
Um lindo poema que ainda nem foi escrito
Fui arrebatado pelo toque suave da tua pele
Minha musa, meu sonho, minha deusa...

Raimundo Salgado Freire Júnior

quinta-feira, julho 09, 2015

Americana agride namorado. Motivo? Ele não quis transar...


Tabatha Lee Grooms, norte-americana de 35 anos, foi presa após atacar o namorado porque ele negou fazer sexo com ela.  chegou também a agredir a própria mãe, de 66 anos.
O namorado, Carlos Rodrecus Grace, teve ferimentos no rosto, cabeça e antebraço esquerdo. Na delegacia, a agressora afirmou ter agredido as vítimas por ter bebido muito.
Ela foi indiciada por violência doméstica.
E você amigo? Enfrentaria a fera?

Fonte: site The Smoking Gun

A Voz Muda do Coração



Tanta brisa, tanto mar
Uma sereia aprendendo a nadar
Japoneses oferecendo comida
O melhor por do sol de uma vida
Conterrâneos do sol nascente
A pororoca assustando gente
No horizonte um barquinho branco
Um sorriso doce, um porto tão franco
Um camarão perfeito, um balde de gelo
Lembrança feito pulseira no tornozelo
À noite uma lua desenhada no céu
Recordações de uma lua de mel
Inspiração que brota de um sorriso
Sentimento que chega sem aviso
São gaitadas que escorrem pelo peito
Alegrando um sonho tão perfeito
Batendo na porta baixa
Para ver se tudo se encaixa
Tudo bom demais pra ser verdade
Mas sonhos também viram realidade
E o que está longe pode ficar perto
O destino torna certo o que era incerto
E a vida vai ficando mais doce
Como se, sonho, realidade fosse
A voz muda do coração ditou esse poema
Pacote completo, uma cena de cinema
Mas, foi embora,  atirou um beijo pela janela
Uma lágrima se jogou, e foi correndo atrás dela
Ficou surda, só ouvia, a voz muda do coração...


Raimundo Salgado Freire Júnior










LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...