CARTA AOS ASPIRANTES 2014: Aspirante, Seja O Nome Do Teu Nome!



Após quatro de anos de batalhas diárias no esforço denodado para aquisição de conhecimentos técnico-científicos e da preparação física e psicológica para o exercício da nobre profissão que escolhestes, é gratificante vê-los transpondo os umbrais que conduzem ao Aspirantado.
É chegada a hora de colher os frutos de vossa árdua semeadura, de ostentar com orgulho a almejada estrela de Aspirante, estrela que fora dourada diariamente com as cores da dignidade, honradez, lealdade e da justiça; é chegada a hora de colocar em vossas cabeças a coroa de louros dos heróis olímpicos, de passar para a próxima geração a cautela do espadim Tiradentes e envergar com incontido orgulho a espada, símbolo máximo do oficialato.
Todavia, ser-nos-ia lícito nesse momento de confraternização e de deleite festivo exorta-vos: ASPIRANTE, SEJA O NOME DO TEU NOME.  Comandar é, antes de tudo, ser um homem de bem, uma mulher de bem. Comande pela pedagogia do exemplo. Não se conforme em ser um mero chefe, seja um líder, seja o primeiro cumpridor das determinações que emanares. Não se divorcie do estudo, não se contente com apenas o título acadêmico de Bacharel em Segurança Pública, busque novos conhecimentos busque uma especialização, um mestrado, um doutorado; a educação é processo formativo continuado de ensino-aprendizagem que vos propiciará ferramentas para exercer a cidadania plena.
Aspirante, não te deixes levar pelo brilho do teu uniforme de Oficial, que brilhe antes o vosso caráter, a vossa justiça e o sentimento do dever cumprido. Teu coturno e tua farda devem estar sempre limpos e alinhados? Sim, mas, o mais importante é que tuas mãos estejam sempre limpas e tua consciência alinhada com a justiça. Jamais humilhe teus subordinados, lembre-se que os fortes foram feitos fortes para proteger os fracos. Da mesma forma, não te permitas ser humilhado por teus superiores, não abra mão do respeito próprio.
 Trate a todos com respeito e consideração. Assuma a responsabilidade por tuas decisões, não permita que outrem decida naquilo que te cabe decidir. Defenda teu subordinado até a última instância se ele este estiver ao lado da razão, não coadune jamais com a injustiça. De igual modo, não deixe de corrigi-lo quando este claudicar no exercício da profissão, todavia o faça sem esqueceres do cunho pedagógico da punição disciplinar. A punição é o último, não o primeiro recurso a ser empregado.
Tenha a sabedoria de ouvir. Não rejeites o valor da experiência daqueles que te antecederam e, sobretudo, daqueles que te circundam nos afazeres diários. Não engavete uma ideia ou um projeto porque ela não partiu de ti, as ideias mais geniais da história humana foram as mais simples. Aprenda a motivar tua equipe, saiba identificar o que cada um tem de melhor e utilize esses talentos para soerguer o nome da Unidade em que servires.
Antes, e acima de tudo, coloquem Deus nas suas vidas. Entreguem a Ele os teus caminhos. Não matem, mas também não morram. Não provoquem, mas também não corram. Não tomem decisões de cabeça quente, sejam prudentes no falar. Quando necessário, sejam firmes e enérgicos, mas lembre-se que você pode ser viril sem ser violento. Lembrem-se que alguns de vós poderão tombar no caminho, mas tombem de cabeça erguida. Na dúvida faça o certo, mais saiba que às vezes é preciso ter muita coragem para fazer o que é certo. Sejam para suas famílias o que vocês já são para nós outros: o orgulho da Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias.
Que Deus vos abençoe, vos ilumine e vos proteja!

São Luis-MA, 02 de maio de 2014

Major QOPM Raimundo Salgado Freire Júnior
Subcomandante da APMGD
majorfreire@gmail.com


Comentários

  1. Sábias palavras, Comandante!
    Grande abraço.
    Edhy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado minha amiga, é sempre muito bom receber sua visita insone por aqui!

      Volte sempre e muito!

      Abração!

      Excluir
  2. Bom dia.
    Há tempos tenho procurado um texto que recebi de meu irmão por ocasião da declaração a Asp Of PM. Ainda não encontrei mas este aqui possui sentimento e conteúdo, tanto quanto aquele que procuro. Parabéns.
    Cel Guilherme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Cel Guilherme!

      É com satisfação que recebo vossa "visita" por aqui.

      Agradeço vosso elogio o qual, certamente, não sou merecedor. São simples palavras de um educador e policial que ama o que faz e que as escreveu como se as escrevesse para os próprios filhos!

      Talvez o texto ao qual Vossa Senhoria se refira seja a célebre "Carta a um Aspirante", escrita em 1979 e cuja autoria é atribuída ao General João Batista de Oliveira Figueiredo (1918-1999).

      Quando Vossa Senhoria vier ao Maranhão tenha a APMGD como uma extensão de vossa casa, serás muito bem recebido com a já tradicional fidalguia do povo maranhense.

      Um abraço,

      Major Freire.

      Excluir

Postar um comentário