Ano Novo



Hoje é o dia que dá início ao ano novo. É o dia primeiro. Todos queremos iniciar mais uma no com esperanças renovadas. É um momento de alegria e confraternização. As rogativas, em geral, são pra que se tenha muito dinheiro no bolso e saúde pra dar e vender.

Mas, será que se tivermos tudo isso teremos a garantia de um ano novo cheio de felicidades?

Se Deus nos dá saúde, o que normalmente ocorre é que tratamos de acabar com ela em nome das festas. Seja com os excessos com a alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco ou outras drogas não menos prejudiciais à saúde. Não nos damos conta que nossa saúde depende de nós.

Dessa forma, se quisermos um bom ano teremos que fazer a nossa parte. Se pararmos pra analisar o que significa a passagem de ano, perceberemos que nada se modifica externamente. Tudo continua sendo como na véspera. Os doentes continuam doentes, os encarcerados continuam no cárcere, os infelizes continuam os mesmos, os criminosos seguem arquitetando seus crimes e assim por diante.

Nós, e somente nós, podemos construir um ano melhor, já que um feliz ano novo não se deseja, se constrói. Poderemos construir um ano bom a partir de nossa reforma moral, repensando os nossos valores, corrigindo os nossos passos, dando uma nova direção à nossa estrada particular. Se começarmos por modificar nossos comportamentos equivocados, certamente teremos um ano mais feliz.


Fonte: www.momentoespirita.com.br



Comentários