GARÇOM EMOCIONA BELTRAME

Depois de toda a tensão para retomar o complexo do alemão o Secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, deixou o ar sério e carrancudo de lado e chorou em plena hora do almoço na segunda-feira, 29 de novembro, em uma reunião na prefeitura do Rio. Motivo? O abraço de agradecimento que o garçom da prefeitura, Gyleno dos Santos, 73 anos, humildemente pediu permissão para dar na autoridade máxima da segurança pública do Rio de Janeiro. O garçom havia pedido antecipadamente ao prefeito do Rio, Eduardo Paes, para se aproximar do secretário e ter a oportunidade de agradecer por poder sair de casa, sem sentir medo de assaltado, depois de longos anos. Beltrame que é conhecido por seu ar sisudo, carrancudo, não se conteve em lágrimas com atitude daquele garçom. Segundo o próprio secretário, ele se sensibilizou porque as palavras não partiram de nenhum político, mas de uma pessoa humilde do povo, ele ficou muito feliz porque, para ele, um abraço daqueles significava muito mais que o mais belo dos discursos... É meus amigos, é a humildade abrindo portas; como disse Jesus, aquele que se humilhar será exaltado. O secretário acostumado ao formalismo, ás convenções sociais, ao rigor do cargo que ocupa, desmoronou ante a atitude humilde de reconhecimento e gratidão daquele garçom do município. "Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus" (Mateus 5:3). Crédito da Foto: O GLOBO – RJ.

Comentários