Poesia em Música: Contra o Tempo



Corro contra o tempo prá te ver
Eu vivo louco por querer você
Oh! Oh! Oh! Oh!
Morro de saudade, a culpa é sua...
Bares, ruas, estradas, desertos, luas
Que atravesso em noites nuas
Oh! Oh! Oh! Oh!
Só me levam prá onde está você...
O vento que sopra  meu rosto cega
Só o seu calor me leva
Oh! Oh! Oh! Oh!
Numa estrela prá lembrança sua...
O que sou? Onde vou? Tudo em vão!
Tempo de silêncio e solidão...(2x)
O mundo gira sempre em seu sentido
Tem a cor do seu vestido azul
Oh! Oh! Oh! Oh!
Todo atalho finda em seu sorriso nú...
Na madrugada uma balada soul
Um som assim meio que rock in roll
Oh! Oh! Oh! Oh!
Só me serve prá lembrar você...
Qualquer canção que eu faça
Tem sua cara rima rica, jóia rara
Oh! Oh! Oh! Oh!
Tempestade louca no Saara....
O que sou? Onde vou? Tudo em vão!
Tempo de silêncio e solidão...

Comentários

  1. Maria Gadú

    Quando tá escuro e ninguém te ouve
    Quando chega a noite e você pode chorar
    Há uma luz no túnel dos desesperados
    Há um cais de porto pra quem precisa chegar
    Eu tô na lanterna dos afogados
    Eu tô te esperando, vê se não vai demorar

    É noite longa por uma vida curta
    Mas já não me importa basta poder te ajudar
    E são tantas marcas que já fazem parte
    Do que sou agora mas ainda sei me virar
    Eu tô na lanterna dos afogados
    Eu tô te esperando vê se não vai demorar

    É noite longa por uma vida curta
    Mas já não me importa, basta poder te ajudar
    E são tantas marcas que já fazem parte
    Do que sou agora mas ainda sei me virar
    Eu tô na lanterna dos afogados
    Eu tô te esperando ve se nao vai demorar

    ResponderExcluir

Postar um comentário