Sugestão de Leitura: Paulo e Estevão



Acabei de reler, e recomendo, o livro Paulo e Estevão, de autoria de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier, publicado ha 70 anos pela Federação Espírita Brasileira- FEB. O livro narra a emocionante saga do "apóstolo dos gentios". Paulo, que nasceu Saulo na cidade de Tarso, na atual região da Cicília na Itália, era um orgulhoso fariseu e doutor da Lei Judaica ou Lei Mosaica, que se destacava como brilhante orador no Sinédrio (espécie de senado judeu). Nunca demais lembrar que foi o Sinédrio que condenou Jesus à crucificação.

Paulo, cioso de seus deveres para com a Lei de Moisés, recebe poderes do Sinédrio e promove uma verdadeira caçada aos "seguidores do caminho" como eram chamados os cristãos daquela época, culminando com a morte por apedrejamento de Estevão, irmão de Abigail, que por sua vez era a noiva de Paulo.

Após desfeito seu noivado com Abigail, por razões óbvias, Paulo recrudesce sua perseguição ao cristãos e, na estrada para Damasco, Jesus de Nazaré lhe aparece com a famosa frase "Saulo porque me persegues"? 

A partir daí começa a odisséia de Paulo de Tarso, o campeão do evangelho, que passa a usar seus talentos de brilhante orador para divulgar a "boa nova", o evangelho de amor de Jesus Cristo. 

É um livro inesquecível.


Raimundo Freire.

Comentários