Poesia/Prosa: Talento Que Decifrei



Que talentos oculto esconde
Além dos que já decifrei?
Beijos doces, gosto de quero mais
Abraços fortes, carregados de sentimentos nobres
Dos risos largos, alegria constante
Música suave que sai de sua boca
Que alimenta os ouvidos
Há mais talentos, além do dom de escrever
Dons dados por Deus
Dons que perfumam palavras
Palavras de alma feminina
Versos que renovam a alma de quem lê
Modesto homem, grande coração
Gestos nobres, ainda manda flores
Flores que perfumam meu jardim
O que queres de mim
Divide comigo teu dom
Me beija com teu batom
Me preenche até o fim.


Mizraim Andrade

Comentários

  1. Essa bela poesia é de autoria de uma das seguidoras do Blog do Freire. Minha amiga Mizrain Andrade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super Lisonjeada!
      Pelo incentivo e pela bela atitude de publicar minha poesia no seu espaço.
      Muito obrigada mesmo...
      Abraços!Miz Andrade

      Excluir

Postar um comentário